A Igreja do Suspiro
Por Carlos Jayme de Siqueira Jaccoud, em 23 de março de 2004

O trabalho que nos propusemos fazer, o de transcrição das atas da Câmara da Vila de Nova Friburgo e que já há quase quatro anos a ele nos dedicamos, muitas vezes tem sido penoso, outras enfadonho pelos assuntos tratados mas, além de nos abrir, quase que dia a dia, a historia desta terra que nos viu nascer e que tanto amamos, nos dá freqüentes alegrias quando nele descobrimos passagens como a que vamos transcrever a seguir. Sessão da Câmara em 7 de maio de 1874. “Lido o requerimento da Sociedade Musical Euterpe Friburguense, alegando que quer fazer uma capela para Santo Antonio nesta Vila e constando-lhe que fora reservado, para uso público, vinte braças de terreno na Praça do Suspiro, ao lado Oeste, com fundos para o morro, dividindo este terreno, para o lado Sul, com Manoel Ennes, ao Norte com a fonte do Suspiro e com testada para a praça, vem pedir a esta Câmara doar ao mesmo Santo Antonio, 17 metros de testada no supra-dito lugar, com os fundos necessários para a construção da capela. Prefere a suplicante que o terreno pedido seja no centro do dito terreno e assim espera ser atendida. Informado pelo Secretário que o terreno requerido está reservado pelo art°39 das Posturas Municipais. Com a informação da comissão de terrenos: Apesar da informação do Secretário de que terreno pedido acha-se reservado pelo art°39 das Posturas Municipais, atendendo que a mesma Sociedade o pede para edificação de um templo religioso para Santo Antonio, o que não está previsto no artigo e sim fazer-se um edifício público mas trazendo aquela capela progresso ao lugar, sou de parecer que se conceda à mesma Sociedade o terreno que pede. O vereador Antonio Rodrigues Teixeira. = Deferido. Peça-se autorização à Assembléia Legislativa Provincial para fazer-se a doação.”

Pela legislação da época, embora os terrenos da Vila pertencessem à Câmara Municipal por decreto real de D.João VI, ela não podia fazer doação sem a prévia autorização da Assembléia Provincial. Pelo “Histórico da Paróquia de São João Batista”, do Monsenhor José Silvério Miranda, sabemos que a Assembléia Paroquial, pela lei 2.120, de 1875, devidamente sancionada pelo Presidente da Província, ficou a Câmara de Nova Friburgo autorizada a ceder, gratuitamente, à Sociedade Musical Euterpe Friburguense, o terreno solicitado. A igrejinha de Santo Antonio teve a sua pedra fundamental lançada em 13 de junho de 1879 e foi solenemente inaugurada em 1884, no dia 13 de junho, dia consagrado pela Igreja àquele santo.

A participação da Euterpe na construção da igreja de Santo Antonio deveu-se à influência e trabalho do português Samuel Antonio dos Santos que, por muitos anos, foi o regente da banda. Samuel Antonio fora oficial músico da banda dos fuzileiros da marinha portuguesa. Em 1858, viajando na fragata portuguesa “Vasco da Gama”, com destino a Buenos Aires, enfrentou tremendo vendaval no Atlântico e, muito religioso e devoto de Santo Antonio, ante o perigo de naufrágio, prometeu ao seu Santo padroeiro que, se conseguisse salvar-se, deixaria a farda e construiria uma capela ao seu protetor. Aportando no Rio de Janeiro, pediu baixa da marinha portuguesa e passou a lecionar música naquela cidade. Em 1862, trazido por Galiano das Neves, veio lecionar em Nova Friburgo. Aqui participou da fundação da Euterpe, em 1863 e a ela dedicou-se ativamente até a sua morte, em 1905. Casou-se com uma friburguense mas não deixou descendentes. Nova Friburgo e a Euterpe muito devem a este dedicado maestro português.

Comentários (0)

Para escrever comentários você precisa estar logado. Para efetuar o login clique aqui.

Educação Ambiental na Prevenção de Desastres Naturais (02-05-2012)
Seminário de Abertura na Câmara Municipal a
partir das 10:00h nos dias 03 e 04 de maio.

Projeto do Bicentenário de Nova Friburgo (19-11-2011)
Projeto do Bicentenário de Nova Friburgo dá a partida em direção aos 200 anos de nossa cidade

Bicentenário NF (01-10-2011)
O Bicentenário de Nova Friburgo

Lista dos Aprovados - Concurso de 1999 (30-08-2011)
AVISO IMPORTANTE
Sobre o Concurso Público de 1999

I Encontro Estadual de Arquivos (19-08-2011)
A Fundação D. João VI de Nova Friburgo estará presente para uma apresentação dos trabalhos de digitalização e uma demonstração da tecnologia desenvolvida

O Pró-Memória e o Arquivo Nacional (13-08-2011)
Uma visita ao Arquivo Nacional e a promessa de uma parceria promissora.