A primeira visita de um governador a Friburgo
Por Carlos Jayme de Siqueira Jaccoud, em 19 de março de 1999

Julho de 1890. A República ainda não tinha completado um ano e o seu primeiro governo nomeou o dr. Francisco Portella para, provisoriamente, governar o Estado do Rio de Janeiro até que uma constituição estadual fosse votada e eleito o seu primeiro Presidente, título atribuído aos futuros governadores dos estados. O Governador Portella, homem de bem e dinâmico, começou a viajar pelo interior para bem conhecer o estado que lhe fora confiado. No fim daquele mês coube a vez de Nova Friburgo e das cidades do ramal ferroviário de Sumidouro. Como naquele tempo não havia estradas de rodagem nem helicópteros, estes tão do gosto dos governadores de um século depois, o Governador Portella, e sua comitiva, no dia 26 de julho, tomou um trem especial da Leopoldina e partiu em demanda do rio Paraíba. A parada em Friburgo, para o almoço oferecido pela diretoria da estrada de ferro no restaurante da estação, foi triunfal. Foi recebido com todas as honras que a cidade poderia oferecer a um governador do Estado. Lá estavam, na plataforma, as autoridades da terra, a Campesina com seus dobrados, os alunos de todas as escolas com seus professores, grande número de moradores e o indispensável foguetório. Logo após o lauto almoço e, naturalmente, os discursos, o trem especial seguiu em frente para as visitas às outras cidade. A de Friburgo seria no dia seguinte, com mais calma, quando estivessem regressando. Assim aconteceu. No dia 27, quando, regressando de Portela, o trem passava pela Rua de Cantagalo, atual Av.Euterpe, parou em frente ao Chateau, para onde se dirigiu a comitiva. Lá, de onde se descortinava toda a cidade, foram recebidos festivamente pela diretoria e alunos do Colégio Anchieta. Após visitarem o colégio dirigiram-se para o Hotel Leuenroth, onde a municipalidade ofereceu-lhes um banquete. Após o ágape, em carruagens, o governador e comitiva visitaram toda a cidade, parando no Estabelecimento Hidroterápico, paço da Intendência, cadeia pública e quartel do destacamento. Conta um cronista da época que, na cadeia, encontrou S.Exa. um único preso o qual, sendo interrogado pelo Governador, declarou estar sendo bem tratado. Aproximando-se a hora da partida dirigiram-se para a estação, onde embarcaram para a Capital do Estado.

No ano seguinte, l891, o Governador Portela voltou a Nova Friburgo. Ele, que já conhecia todas as cidades do Estado, estava conhecendo o interior de cada uma. Em nossa cidade queria penetrar pelos seus distritos e conhecer a região agrícola cafeeira do município. Aqui chegou no dia 15 de outubro hospedando-se na casa do major Marques Braga. No dia seguinte, a cavalo, dirigiu-se para o Amparo onde almoçou na fazenda do Coronel Galiano das Neves seguindo depois para o distrito de São Pedro hospedando-se na casa do intendente João Heringer. No dia imediato partiu com a comitiva passando por Lumiar, Santa Luzia, Cascata do Freesi e Barra do Sana, onde, na escola de D.Olga Schueler, foi saudado pela aluna Darcília Maria Jaccoud ( avó do Professor Hermano Fontão e do Carlito Marchon) . Do Sana seguiu para Indayassú, atual Casimiro de Abreu, onde dormiu e, no dia seguinte, tomou o trem para Niteroi. E isto tudo, provavelmente, em lombo de burro, porque a aspereza dos caminhos na descida do vale do rio Macaé não era própria para viagens a cavalo.

Como mudaram os tempos. Procuremos lembrar das raríssimas vezes em que aqui estiveram os nossos últimos governadores. Vamos tirar fora as vezes em que vieram em vésperas de eleição tratar única e exclusivamente de política. Quantas horas terá ficado cada um deles? Talvez menos do que o de uma seção de cinema.

Já não se fazem mais governadores como antigamente....

Nota: O artigo acima já estava pronto quando aqui chegou o nosso novo governador. Esperamos que ele nos honre com muitas outras visitas e que, na próxima, venha pela nossa RJ-116 para sentir, no corpo, o seu estado.

Comentários (0)

Para escrever comentários você precisa estar logado. Para efetuar o login clique aqui.

Educação Ambiental na Prevenção de Desastres Naturais (02-05-2012)
Seminário de Abertura na Câmara Municipal a
partir das 10:00h nos dias 03 e 04 de maio.

Projeto do Bicentenário de Nova Friburgo (19-11-2011)
Projeto do Bicentenário de Nova Friburgo dá a partida em direção aos 200 anos de nossa cidade

Bicentenário NF (01-10-2011)
O Bicentenário de Nova Friburgo

Lista dos Aprovados - Concurso de 1999 (30-08-2011)
AVISO IMPORTANTE
Sobre o Concurso Público de 1999

I Encontro Estadual de Arquivos (19-08-2011)
A Fundação D. João VI de Nova Friburgo estará presente para uma apresentação dos trabalhos de digitalização e uma demonstração da tecnologia desenvolvida

O Pró-Memória e o Arquivo Nacional (13-08-2011)
Uma visita ao Arquivo Nacional e a promessa de uma parceria promissora.